Sem dinheiro? Sem problemas

 

No segundo dia de atividades do nosso Meetcom 2016, recebemos aqui na Universidade Positivo o cineasta Gustavo Minho. O tema da oficina era “Produção de um filme com baixo orçamento”.

Todos sabemos o quanto é difícil se virar sem dinheiro, especialmente se você quer trabalhar na indústra audiovisual, o orçamento é fundamental.

Entretanto, Gustavo explicou que não é preciso tanto dinheiro assim para se criar um conteúdo de qualidade.

DSC_0282
Nessa oficina, Gustavo provou que não é preciso muito dinheiro, e sim engajamento, para produzir filmes (Foto: Luis Otávio)

Minho realizou seu primeiro curta chamado Junie sem nenhum dinheiro. A produção, que trata sobre o desamor, teve a inspiração de um término de relacionamento do seu idealizador que usou esse momento para se inspirar e transformar em arte um momento difícil.

Já em seu segundo curta, O canto do Claustro, Gustavo e a produtora tinham um orçamento de R$500,00 para a produção do curta. Assim como Junie, o segundo curta de Gustavo Minho tratou da própria experiência do diretor.

O cineasta, que já apresentou seu trabalho no Festival de Cannes, disse que nenhum desses projetos seria possível sem a participação e engajamento de toda a equipe envolvida. Sem dinheiro, o principal é a paixão pelo trabalho e o comprometimento com a produção.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s